segunda-feira, 26 de junho de 2017

Paulo Câmara vai retomar Pernambuco em Ação em julho


Após cancelar a rodada do Pernambuco em Ação que aconteceria em Caruaru, no Agreste, por causa da crise política, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou que vai retomar as viagens em julho.

“A gente ia continuar, mas teve a cheia, teve que parar”, disse.

O modelo é inspirado no Todos Por Pernambuco, implantado pelo ex-governador Eduardo Campos (PSB), seu padrinho político.

Paulo Câmara iniciou as viagens em fevereiro, a um ano e meio das eleições de 2018. O governador começou por Afogados da Ingazeira e outras cidades do Sertão. Em abril, levou a equipe para Garanhuns, no Agreste, onde o prefeito Izaías Régis (PTB) não participou do evento e foi criticado pelos aliados do socialista. A terceira rodada passou por Araripina, novamente no Sertão, em maio, onde o clima ficou chato com o prefeito, Raimundo Pimentel (PSL), que afirmou não ter sido convidado.

Nas idas para essas agendas no interior, Paulo Câmara tem admitido que não vai cumprir promessas de campanha, “repactua metas” – termo usado por ele – e assina a liberação de verbas para empreendimentos nos municípios visitados.

A resposta da oposição às viagens a um ano do período eleitoral foi com a criação do Pernambuco de Verdade, programa em que parlamentares da bancada contrária ao governo Paulo Câmara na Assembleia Legislativa do Estado (Alepe) têm viajado também para municípios do interior para apontar problemas da gestão socialista nessas localidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário