segunda-feira, 26 de junho de 2017

Presos fogem da Cadeia Pública de Agrestina e espancam brutalmente Cabo da polícia militar


Na noite desta sexta-feira (23), 17 presos fugiram da Cadeia Pública de Agrestina e ainda agrediram o Cabo Medeiros, que estava sozinho e fazia a guarda do local. Eles tomaram a pistola do policial e ainda levaram outra pistola e uma espingarda calibre 12.

A população carcerária era de 38 presos e os 21 restantes só não fugiram porque não quiseram, pois os fujões ainda abriram as portas das outras celas, inclusive o PM precisou entrar na cadeia quando foi empurrado, dominado e brutalmente espancado.

A GT que estava de serviço foi acionada e encontrou o Cabo Medeiros caído, o socorreram, levando-o ao hospital da cidade e lá os médicos atestaram Traumatismo Cranioencefálico e o encaminharam ao Hospital Regional do Agreste, em Caruaru, onde ele chegou consciente e o seu estado clínico é grave. Os presos estavam cavando um buraco no muro da Cadeia.

Até momento nenhum detento foi recapturado.

Fonte: Itamar França

Nenhum comentário:

Postar um comentário