segunda-feira, 24 de julho de 2017

Triunfo na manhã deste domingo. Frio, chuva e serração

Triunfo lidera ranking com mais de 1000 milímetros no ano. Boa parte da região ultrapassou os 700 mm. Mas há cidades aonde não chegou a 400 mm.

O mês de julho já entrou em seus últimos dias e chuva e frio permanecem para alegria dos sertanejos. À tarde noite do domingo foi de chuva em Afogados da Ingazeira com 15 mm. Choveu também em Carnaíba, Tabira, Serra Talhada e Triunfo. Para hoje a meteorologia indica que a chuva vai continuar na região.

Precipitações na segunda quinzena de um mês de julho são raras na região. Agricultores experientes informaram ao blog que o fenômeno não é registrado há um bom tempo.

Também está confirmado que as chuvas estão acima da média na região. Até agora, de acordo com dados do IPA, cidades como Itapetim passaram da casa dos 700 milímetros este ano. Mas é de Triunfo o recorde do ano, com 1002 milímetros registrados até agora.

Calumbi (709 mm), Ingazeira (702,4 mm). Na casa dos 600 milímetros, Afogados da Ingazeira (601 mm), Brejinho (612,8), Santa Terezinha (642 mm), São José do Egito (609,1 mm) e Tuparetama (617 mm).

Na casa dos 500 milímetros, Carnaíba (575 mm), Solidão (545 mm), Santa Cruz da Baixa Verde (504,2 mm) e Custódia (518,6). Com menos de 500 milímetros, Serra Talhada (485,3), Quixaba (495,2 mm), Tabira (433,8 mm), Flores (410,1 mm) e Iguaracy (408,2 mm). Mas há chuvas ainda menores que essas. Em Betânia por exemplo, foram apenas 326,5 milímetros.

O frio continua. O inverno com temperaturas mais baixas que o de costume continua sendo assunto na maioria das cidades do Estado, principalmente no Sertão, onde as temperaturas baixas combinadas com chuvas insistentes e ventos bravios têm provocado uma onda de frio e de surpresa entre moradores e turistas. Em Triunfo as temperaturas estiveram próximas dos dez graus neste domingo.

Fonte: Nill Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário