quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Servidores da Compesa devem entrar em greve por tempo indeterminado na próxima segunda-feira (07)

http://jconlineimagem.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/2017/01/25/normal/91a071a4b07763e445bc3004e7c9b7ed.jpg

Trabalhadores da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) devem cruzar os braços a partir da próxima segunda-feira (07) por tempo indeterminado. De acordo com o Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco, o movimento foi definido na última terça-feira (1º) durante assembleia de campanha salarial. A empresa ofereceu reajuste de 4%, mas, de acordo com o sindicato, os trabalhadores querem “um ganho real”. No total, até 3,4 mil profissionais podem paralisar suas atividades.

Segundo o sindicato, a campanha salarial já dura três meses e 10 rodadas de negociações já foram realizadas sem nenhum acordo firmado entre as partes. “Na última rodada de negociação, dia 11 de julho, a Compesa propôs um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), para os próximos dois anos, porém sem atrativos para os trabalhadores”, afirmou em nota o sindicato.

Proposta

Além do reajuste salarial referente à inflação, os servidores reivindicam tíquete natalino e desconto dos dias parados durante a campanha salarial. Os sindicalistas também negaram a proposta do vale alimentação sair de R$ 30,00 para R$ 31,50, reajuste de 4,08% para gratificação de férias e auxílio educação e reajuste de 3,99% para o pagamento de diárias. A Compesa não se posicionou ainda sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário