sexta-feira, 18 de março de 2016

Carta Aberta ao Público


Venho através deste meio de comunicação repudiar qualquer tipo de sencionalismo nos meios de comunicação, hoje com tantos avanços e mecanismos de comunicação se pode ver uma mídia tendenciosa, muitas delas com programações que dar o direto do cidadão reclamar e cobrar, sem o direto de resposta ser respeitado, seja através de carta de resposta, gravação em áudio, vídeo, ou ate matérias que podem ser aproveitadas, aquelas que se dizem ser institucionais, na verdade não a muito interesse de quem recebeu a denuncia em resolver o problema, o interece na verdade é que quanto mais o povo cobra, em algum meio de comunicação, os responsáveis pelo programa ficam esperando que as instituições públicas ou privadas compre um espaço para poderem divulgar as suas ações para com o povo, ate por que a determinados meios de comunicação são privados, ou seja são comerciais.

O reclamar é um direito do cidadão, mais também é bom que o mesmo cidadão também volte para agradecer, e são poucos que retornão, ficando assim a impressão de quem não esta acompanhando o caso, de que não estão dando a mínima atenção para o reclamante, um verdadeiro descaso, engano, o problema que para denunciar é de graça, e para dar uma resposta sobre a solução do caso tem que ser pago, será que realmente a mídia é parcial?

Nossa redação não condis com esse tipo de atitude, não precisamos fazer algo em pro de uma promoção ou cargo, o importante é divulgar ações que são positivas e trazem o bem estar para a população, não precisamos fazer parte de uma mídia que prega o ódio e o rancor, mostrando mais desgraças do que ação de bem estar para a comunidade.

Vanderlei Silva Miron

Jornalista/DRT5970

Nenhum comentário:

Postar um comentário