Select your Indioma and enjoy our page!

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Senado aprova intervenção; militares têm aval para agir


Do Congresso em Foco

Com 55 votos a favor e 13 contra, com uma abstenção, senadores confirmaram na noite desta terça-feira (20), em plenário a decisão tomada na madrugada de ontem (terça, 19) pela Câmara em autorizar a consecução da intervenção federal que, formalizada em decreto assinado na última sexta-feira (16) pelo presidente Michel Temer, dará às Forças Armadas a tutela da segurança pública do Rio de Janeiro. Aprovado o decreto, caberá ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), promover a devida publicação nos canais oficiais e comunicar o resultado da deliberação à Presidência da República.

Nos termos da lei, só com a autorização do Congresso as tropas militares já instaladas no Rio de Janeiro podem entrar em ação, apesar de operações já estarem em curso no estado. A explicação das Forças Armadas é que estavam pendentes atividades concebidas durante a vigência da Garantia da Lei e da Ordem decretada, entre julho e dezembro do ano passado, em comunidades carentes do Rio.

A intervenção foi aprovada por deputados e senadores mesmo sem ainda ter sido detalhada – sequer há plano de incursão em áreas dominadas pelo tráfico, como lembraram alguns oposicionistas. Temer, primeiro chefe de Estado brasileiro investigado no exercício do mandato e a decretar intervenção federal após a redemocratização, tem aproveitado os casos de descontrole na segurança pública Brasil afora para anunciar providências complementares como a criação do que chamou, no último sábado (17), de “Ministério Extraordinário da Segurança Pública”. Além da determinação de tropas militares nas ruas do Rio de Janeiro, a ideia do emedebista é colocar logo em funcionamento a nova pasta para, segundo suas próprias palavras, evitar que os problemas do Rio transbordem para o resto do país.

Para elaborar parecer favorável ao decreto, Eunício designou o senador governista Eduardo Lopes (PRB-RJ) – suplente que herdou o cargo de Marcelo Crivella, eleito prefeito do Rio de Janeiro em 2016. Aliado fiel de Temer, o parlamentar repetiu a tese da inevitabilidade da intervenção em seu voto a favor da intervenção.

“Claro que sabemos que a situação não é exclusiva do Rio de Janeiro. Sabemos que existem altos índices de violência em outros estados. Mas, sem dúvida, o Rio de Janeiro repercute muito mais, tanto internamente como internacionalmente”, discursou o senador, na tribuna.

“No momento em que nós vemos ladrões assaltando carrinho de cachorro-quente com fuzil, isso mostra que a situação realmente é grave. Arrastões por toda a cidade, o medo imperando, pessoas com medo de sair, cancelando compromissos, não participando de eventos sociais com medo da violência”, acrescentou.

A medida virou o tabuleiro político de cabeça para baixo no período pós-carnaval, quando o Congresso de fato voltou a trabalhar. Para a maioria dos governistas, trata-se de “medida extrema negociada” – como definiu no sábado (17) o próprio Temer – que se fez inevitável diante do caos fluminense. Nesse sentido, o discurso da base centra esforços na desconstrução da tese, patrocinadas por adversários de Temer, de que está em curso uma intervenção militar no Rio, já que o interventor é o general Walter Braga Netto, chefe do Comando Militar do Leste.

Para a oposição, foi a maneira que o governo encontrou para camuflar a insuficiência de votos para a reforma da Previdência, que já saiu de cena, bem como um jeito de “sair das cordas” na reta final de um mandato marcado por denúncias de corrupção e uma impopularidade que tem superado, renitentemente, 90% em todas as mais recentes pesquisas. Além do viés “eleitoreiro” e “midiático” da decisão, que pode agradar àquele eleitorado simpático ao recrudescimento do combate à criminalidade, acrescentam os oposicionistas – o que deputados como Paulo Teixeira (PT-SP) chamaram, na votação desta madrugada, de “bolsonarização” da gestão Temer.
Canção do Exército Brasileiro

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Vereadora Claudiceia Rocha, “Quero Agradecer pela Medalha e Certificado do Instituto de Excelência”.


A Vereadora Claudiceia Rocha participou ontem segunda-feira (19/02/2018), da 4º Sessão da Câmara de Vereadores de Tabira. A Vereadora agradeceu ao Blogueiro e Comunicador Itamar França pela realização do evento realizado na cidade de Triunfo – PE, no ultimo sábado (17).

“Tive a honra de ter recebido a Medalha & Certificado do Instituto de Excelência, através de pesquisa popular feita em Tabira, em agradecimento ao povo de Tabira, quero compartilhar esse premio, esse título com todos vocês, e continuarei lutando pelos interesses da população.” Relatou a Vereadora Claudiceia Rocha

Assista a seguir todo os discurso da Vereadora Claudiceia Rocha!

Edição de vídeo & Fotojornalismo:
Vanderlei Miron DRT 5970


Vereador Djalma das Almofadas, “Alugueis com valores exorbitantes”


O Vereador Djalma das Almofadas participou ontem segunda – feira (19/02/2018), da 4º Sessão da Câmara de Vereadores de Tabira. O Vereador reclamou dos valores exorbitantes dos alugueis pagos pela Prefeitura, também reclamou dos gastos que tem custado a manutenção da Guarda Municipal de Tabira aos cofres públicos.

Assista a seguir todo o discurso do Vereador Djalma das Almofadas!

Edição de vídeo & Fotojornalismo:
Vanderlei Miron DRT 5970




Socorrista Hugo (GSVT), 4º Sessão da Câmara de Vereadores de Tabira, Ano 2018


Estiveram ontem segunda – feira (19/02/2018) na 4º Sessão Câmara de Vereadores de Tabira – PE, o GSVT – Grupo de Socorristas Voluntários de Tabira.

O Grupo é composto por 11 voluntários, e no uso da Tribuna o Sr. Hugo Socorrista relatou da importância deste grupo em nossa cidade.

“Muito Obrigado pelo espaço nesta casa, onde podemos levar ao conhecimento da população á importância deste projeto, fomos buscar esse projeto em Arcoverde – PE, onde um colega Técnico de enfermagem realizam esse trabalho voluntariamente há oito anos (GSVA – Grupo Socorristas Voluntários de Arcoverde), onde o comercio e a população de lá, abraçou a causa, conhecemos o trabalho deles, é pedimos a permissão para realizarmos esse trabalho aqui em Tabira, diante de tantos acidentes que acontece em nossa cidade, e estamos abraçando a causa, já não estamos atuando por que falta o principal, que é a viatura, infelizmente o que foi arrecadado no comercio não chega nem perto, quero agradecer ao comercio que colaborou, desse dinheiro foi comprado uma prancha, Kite aranha, material de primeiros socorros.” Relatou o Socorrista Hugo

Assista a seguir todo o relato do Socorrista Hugo!

Redação & Fotojornalismo:
Vanderlei Miron DRT 5970 
      







A Vereadora/Presidenta Nelly Sampaio, "4º Sessão da Câmara de Vereadores de Tabira, Ano 2018"


A Vereadora/Presidenta Nelly Sampaio, presidiu á 4º Sessão da Câmara de Vereadores de Tabira, Ano 2018, realizada ontem segunda-feira (19), A Vereadora, agradeceu a presença do GSVT – Grupo Socorristas Voluntários de Tabira, ao público presente, aos que nos escuta pelas Rádio Cultura 104.5 FM & Tabira 87.9 FM e Blog Miron Notícias.

Assista a seguir todo os trabalhos da Câmara de Vereadores de Tabira!

Edição de vídeo & Fotojornalismo:

Vanderlei Miron DRT 5970



Continuação...



segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

SEGURANÇA FOI ASSASSINADO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE



Na manhã desta segunda-feira (19), um homicídio foi registrado em Santa Cruz do Capibaribe. O crime aconteceu no bairro Palestina, onde o segurança Romero Alves do Amaral, de 52 anos, foi executado com disparos de arma de fogo.

De acordo com policiais militares e testemunhas, dois criminosos que estavam de moto e se aproximaram e o garupa desceu e efetuou os disparos, fugindo em seguida.

Policiais já realizam incursões na tentativa de capturar os assassinos. Após periciado, o corpo deve ser levado ao IML, na cidade de Caruaru. Esse foi o 11º homicídio do ano registrado no município.

Fonte: www.portalagresteviolento.com.br

POLÍCIA PRENDE QUATRO SUSPEITOS DE PRATICAREM ASSALTO A VIGILANTE


De acordo com a Polícia Militar, a Central do 9º Batalhão foi informada que quatro elementos haviam tomado de assalto dois aparelhos de celulares de um vigilante. Durante a ação criminosa, os elementos usaram da força para tomar os aparelhos e simularam estarem armados, colocando as mãos nas cinturas para render a vítima. Em busca dos assaltantes, o policiamento avistou os quatro suspeitos nas proximidades do Parque Euclides Dourado, eles foram abordados e com eles encontrado os dois aparelhos de celulares, da vítima.

A polícia informou que os suspeitos são: Álisson da Costa Brandão, de 18 anos, morador da Rua João Domingos da Cunha, na Cohab III; Henrique de Melo Silva Pereira, de 20 anos, residente no Sítio Riacho da Espera, zona rural de Garanhuns e mais dois adolescentes de 17 anos. Na delegacia, os quatros foram reconhecidos pela participação no assalto ao vigilante. Eles foram autuados em flagrante e encaminhados ao poder judiciário.

Fonte: www.portalagresteviolento.com.br

Meia tonelada de maconha e 10 mil munições de uso restrito são apreendidas pela PRF na BR-040, no RJ


Por G1, Petrópolis

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde da ultima sexta-feira (16) meia tonelada de maconha, 10 mil munições de uso restrito, dezenas de carregadores, além de uma pistola na BR-040, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. Três homens foram presos suspeitos de tráfico de armas, drogas e receptação.

O material estava em dois veículos, que, segundo a PRF, tinham milhares de reais em multas, além de estarem com placas clonadas e possuírem registro de roubo.



A ação da polícia ocorreu durante um patrulhamento, por volta das 13h00min, quando os agentes desconfiaram dos ocupantes dos veículos e decidiram abordá-los.

Durante a abordagem, também foi verificado que os homens tinham rádios comunicadores utilizados por batedores para o tráfico de armas e drogas.

Segundo a PRF, o motorista de outro carro, que vinha logo em seguida, abandonou o veículo e correu para um matagal às margens da rodovia. Dentro do automóvel, foram encontrados diversos tabletes de maconha espalhados por toda a parte. Havia também milhares de munições, dezenas de carregadores e uma arma.



Os policiais fizeram buscas na região, mas não conseguiram localizar o fugitivo. Três homens que estavam nos outros dois veículos confessaram que faziam a escolta do carregamento vindo como 'batedores' na frente, de acordo com a PRF.

Os suspeitos, de 33, 37 e 38 anos, contaram que buscaram o material em Foz do Iguaçu, no Paraná, na fronteira com o Paraguai. Eles disseram ainda que fariam a entrega na favela Beira Mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme). A ação faz parte da operação Égide, que reforça o policiamento nas rodovias federais do estado.

Policiais do 3º BPM-RN Realizarão Grande Apreensão de Drogas

A imagem pode conter: comida

Por Na Ficha da Polícia RN

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livrePoliciais Militares do 3° BPM realizaram uma grande apreensão de drogas na manhã de ontem domingo (18) no bairro Cajupiranga, em Parnamirim, com um casal, em um carro roubado.

De acordo com a PM, uma mulher foi presa na ação. A polícia afirma que ela é companheira de um traficante, que seria o dono da droga. O homem conseguiu fugir no momento da abordagem dos policiais do 3º Batalhão. Tanto a mulher suspeita, quanto os tabletes de maconha, bem como o veículo roubado apreendido, foram encaminhados à Central de Flagrantes.

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

Traficante morre em troca de tiros com a PM; ônibus é incendiado em retaliação


Por G1 - RJ

O traficante Vítor Roberto da Silva Leite, conhecido como Da Mamãe morreu, na tarde de ontem domingo (18), numa troca de tiros com policiais militares do 9º Batalhão (Rocha Miranda) no morro Jorge Turco, em Coelho Neto, na Zona Norte do Rio. Em retaliação, um ônibus foi queimado próximo à comunidade.

Em sua rede social, o Centro de Operações Rio orienta os moradores a evitarem a região da Avenida dos Italianos. Há interdições no local.
Chefe do tráfico do morro da Barão, na Praça Seca, na Zona Oeste do Rio, Da Mamãe foi um dos procurados pelas forças de segurança em uma operação em fevereiro deste ano.

A polícia tem informações de que Da Mamãe apoiou com homens e armas a invasão do traficante Hélio Albino Filho, o Lica, na comunidade do Bateau Mouche, na Praça Seca, em 2 de fevereiro.

De acordo com informações de policiais, o Grupamento de Ações Táticas (GATI) foi deslocado à comunidade do Jorge Turco para encerrar com o baile Turco folia, que acontecia na comunidade. Segundo os policiais, houve uma troca de tiros entre PMs e traficantes. Da Mamãe foi morto no confronto.

Com ele foi apreendido um fuzil AR-15 com a inscrição "DMM" e uma granada.