Rcilca Net


LOTEAMENTO MORADA NOVA


quarta-feira, 26 de abril de 2017

Aumento da conta de luz [Balanço Geral - 26.04.17]


Atenção! A conta de energia vai aumentar de novo em Pernambuco. E o aumento começa a valer no próximo sábado. Fonte: TV CLUB PE

Aumento do salário mínimo em 2017 [Balanço Geral - 02.01.2017]


E o ano começa com reajuste no salário mínimo. De 880 reais, subiu para 937 reais. O que significa 57 reais. Nós fomos às ruas ouvir o povo que... Reclama e diz achar pouco.

Projeto de lei que pune abuso de autoridade é aprovado no Plenário do Senado


O Senado aprovou nesta quarta-feira (26/04/2017) o projeto de reforma da Lei de Abuso de Autoridade. Por 54 votos a 19, os senadores aprovaram o substitutivo enviado ao Plenário pela Comissão de Constituição e Justiça na tarde desta quarta. O texto agora segue para a Câmara dos Deputados.

Foi aprovado o texto de autoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR), que juntou os dois projetos em trâmite no Senado sobre a matéria. O primeiro, de autoria da Comissão de Regulamentação da Constituição, foi protocolado pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL), na época presidente do Senado. O segundo, de autoria da Procuradoria-Geral da República, previa expressamente a não criminalização da divergência de interpretação de lei, que procuradores chamaram de “crime de hermenêutica”.

O substitutivo de Requião é uma concessão para juntar os dois. Ele concordou com a retirada de trechos do projeto que permitissem a criminalização da hermenêutica, ou a punição de juízes cujas sentenças fossem reformadas. E também retirou do texto a possibilidade de vítimas de abuso de autoridade e a OAB ajuizarem denúncias.

De acordo com o projeto aprovado nesta quarta, somente o Ministério Público pode protocolar ações judiciais. O texto prevê que o MP tem seis meses para ajuizar ação e, caso não o faça, a vítima pode ajuizar uma "ação privada subsidiária" no prazo de seis meses. No entanto, o MP pode "aditar a queixa, repudiá-la e oferecer denúncia substitutiva, intervir em todos os termos do processo, fornecer elementos de prova, interpor recurso".

Da forma que aprovado, o texto prevê mais de 30 crimes de abuso de autoridade. Entre eles, algemar pessoas sem necessidade, conforme prevê a Súmula Vinculante 11 do Supremo Tribunal Federal; decretar condução coercitiva sem prévia intimação; pedir vista de processo para atrasar a conclusão do julgamento; demora injustificada na análise de pedidos; e dar carteirada.

Entre as punições previstas estão obrigação de indenizar, inabilitação para exercício de cargo público por até cinco anos e perda do cargo. Com informações da Agência Senado.

Assista ao vídeo:

ASSALTANTE TENTA ROUBAR POLICIAL MILITAR EM CARUARU E MORRE AO TROCAR TIROS COM O PM


Na tarde desta terça-feira (25), foi morto ao tentar cometer um assalto na Rua Isaura Rodrigues, ao lado da Casa das Rendeiras, no bairro Cedro, um jovem identificado até o momento apenas por Felipe, que morava no bairro José Liberato. Ele foi atingido com apenas um tiro na região lombar direita e ao lado do corpo foi encontrado o seu revólver calibre 38 com seis munições, sendo cinco intactas e uma deflagrada.

O delegado da 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, Dr. Márcio Cruz, disse que o rapaz tomou uma moto de assalto na Rua R-02 no bairro Cidade Jardim e quando estava passando pelas imediações da Casa das Rendeiras tentou assaltar um policial militar não identificado que reagiu, houve troca de tiros e o assaltante acabou levando a pior. O delegado afirmou que o PM compareceu a delegacia onde prestou depoimento.

Com estes dois casos desta terça-feira, sobe para 19 pessoas assassinadas neste mês de abril e 89 no ano de 2017 em Caruaru. O corpo do rapaz foi encaminhado para o IML local.

Fonte: www.agresteviolento.com.br


terça-feira, 25 de abril de 2017

STF decide mandar goleiro Bruno de volta à prisão


Os ministros da Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiram nesta terça-feira (25) que o goleiro Bruno deve voltar para a prisão. A decisão foi tomada por 3 dos 5 ministros que compõem o colegiado: Alexandre de Moraes, relator do caso, Luiz Fux e Rosa Weber.

Marco Aurélio Mello, que havia concedido liberdade ao ex-jogador, também faz parte da Primeira Turma, mas foi voto vencido. O caso foi ao plenário do colegiado para que os outros ministros referendassem ou não a decisão dele. O ministro Luís Roberto Barroso, que também faz parte, está em viagem e não participou da sessão.

Condenado a 22 anos e três meses de prisão pelo assassinato da amante Eliza Samudio, em 2010, ele está solto desde o último dia 24 de fevereiro após um habeas corpus concedido pelo ministro Mello.

Antes, ele estava preso na Apac (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado), Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Embora tivesse sido condenado em primeira instância em 2013, ainda aguardava, quase quatro anos depois, a análise de recurso pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Quando concedeu a soltura, há dois meses, o ministro Marco Aurélio argumentou que Bruno não poderia seguir encarcerado com base em prisão preventiva sem julgamento da apelação em segunda instância. Por isso, decidiu que ele poderia recorrer em liberdade.

“A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há 6 anos e 7 meses. Nada, absolutamente nada, justifica tal fato”, disse Marco Aurélio, ressaltando que a detenção de Bruno continuava sendo de natureza provisória.

Futebol

Após ser solto, Bruno voltou ao futebol profissional no início do mês, após ser contratado pelo Boa Esporte, de Uberlândia. Sua última partida tinha acontecido em junho de 2010, pelo Flamengo.

A contratação do goleiro Bruno dividiu os moradores de Varginha. Enquanto alguns apoiam, outros demonstraram ser contra. Um grupo de mulheres moradoras de Varginha organizou um ato de repúdio contra a contratação no dia da sua apresentação pelo clube mineiro.

Com a repercussão negativa da contratação do jogador, vários patrocinadores deixaram o Boa Esporte, entre eles a fornecedora de material esportivo. Embora o Boa ainda jogue com as camisas confeccionadas pela Kanxa, a marca da empresa não aparece mais.

Bruno, porém, contou com um incentivo especial na estreia. Alguns familiares do goleiro marcaram presença no estádio Dilzon Melo, em Varginha. Eles levaram uma faixa de incentivo ao goleiro, com a inscrição “Somos todos Bruno”. Em cada tempo da partida a faixa ficou em um setor da arquibancada, sempre próxima ao gol defendido por Bruno. Fonte: edenevaldoalves.com.br

ORDEM DO DIA, CASA EDUARDO DOMINGOS DE LIMA [MIRON NEWS - 24.04.2017]


VEREADOR ARISTOTELES MONTEIRO [MIRON NEWS - 24.04.2017]


VEREADOR KLEBER PAULINO [MIRON NEWS - 24.04.2017]


Imagens de carro-forte após assalto e explosão em Petrolina


O Blog acaba de receber informações sobre uma explosão de carro forte nas proximidades do Hospital HGU, na Avenida Honorato Viana, bairro Gercino Coelho, em Petrolina na tarde desta terça-feira, (25).

Os primeiros dados revelam que bandidos armados, tentaram praticar um assalto e populares ressaltam que vários disparos de arma de fogo foram ouvidos e atingiram outro carro forte. O clima é de pânico e tensão no local. Fonte: edenevaldoalves.com.br

Assista ao vídeo:

Acidentalmente, segurança de empresa é atingido no pé por disparo de arma de fogo

Assista ao vídeo:

VEREADOR ALAN XAVIER [MIRON NEWS - 24.04.2017]



VEREADOR ALDO SANTANA [MIRON NEWS - 24.04.2017]